"O Aniversário" (1999) / Peças

de Anton Tchekhov

    Estreia: 06/05/1999
    Encenação: Rui Sena
    Interpretação: António Abernú, Ana Filipa, Rogério Bruno, Carla Magalhães, Rui Gonçalves 
    Cenografia: José Manuel Castanheira
    Desenho guarda-roupa: Marta Carreiras
    Desenho de luzes: Rui Gonçalves
    Produção vídeo: João Canavilhas
    Assistente de encenação: Rogério Bruno
    Assistente de desenho de luzes: Bruno Gouveia
    Régie Geral: Rui Gonçalves
    Operação Som, Luz e Vídeo: Bruno Gouveia
    Montagem: Tó Fonseca/Bruno Gouveia/Mário Gonçalves
    Maquinistas de cena: Tó Fonseca/Rui Gonçalves
    Costureiras: Fátima Rato/Rosa Fazendeiro
    Construção cenários: Duartes & Gouveias
    Cartaz: José Manuel Castanheira
    Fotografia: Paulo Nuno Silva
É com dupla intenção que este espectáculo se intitula “O Aniversário”. Tendo como ponto de partida a peça de Anton Tchekhov, propomo-nos fazer também uma reflexão sobre o século XX, agora que se aproxima do seu fim. E também comemorar o 25 de Abril que permite ao Teatro das Beiras completar este ano 25 anos de actividade ininterrupta. “ O Aniversário” usa textos do próprio Tchekhov, Almada e Levtuchenko para esta viagem a acontecimentos marcantes dos últimos cem ano, ao modo como usámos este último século. O que mudou? O que progrediu? Ou mudamos algo para que tudo ficasse como dantes? Interrogações de respostas complexas. Usamos imagens para de algum modo fazer essa viagem de momentos inesquecíveis pelo progresso que trouxeram à humanidade, com outros momentos dilacerantes da dignidade Humana. E nem precisamos de relembrar o mais marcante e mediático acontecimento da actualidade, a guerra da Jugoslávia. Este espectáculo termina com o texto integral de “ O Aniversário no Banco” de Tchekhov, com que quisemos ilustrar outro momento marcante deste fim de século: O consumismo que os bancos trouxeram e desenvolveram, criando a miragem que desde que se vá ao banco tudo se consegue, porque aí o dinheiro está sob os nossos pés... Rui Sena

Outras peças em cena