"Farsas per musica" em Braga

Espetáculo construído numa abordagem do teatro no teatro onde os atores de hoje se revêem numa prática artística que é ao mesmo tempo um exercício de representação citando os seus antepassados companheiros de ofício. Este espectáculo é organizado a partir das farsas: Il Matrimónio Discorde e La Cantarina. Amores, ciúmes, seduções, dinheiro e fingimentos, são ingredientes de um teatro que está prestes a deixar cair as máscaras tipo da comédia del’arte para dar lugar a personagens com traços de caráter realista e rosto humano, anunciadores de mudanças sociais que chegariam com a Revolução Francesa. A aristocracia em decadência e a burguesia em ascensão disputando no palco os seus privilégios materiais e éticas morais num tom burlesco e poético capaz de provocar o olhar curioso e complacente do espetador do nosso tempo.
 
Encenação: Gil Salgueiro Nave | |Interpretação: Fernando Landeira, Pedro Damião, Pedro da Silva, Sónia Botelho e Sara Gabriel |Cenário e Figurinos: Luís Mouro |Sonoplastia: Helder Gonçalves |Desenho de luz: Jay Collin