"Kvetch", de Steven Berkoff

Kvetch é aquele diálogo submerso no inconsciente que nos atravessa a mente, que, vez em quando nos guia, protege. São aqueles pensamentos que não esperam para aparecer, muitas vezes a grande verdade do que realmente somos e pensamos. Sobretudo é aquela coisa que nos põe loucos porque simplesmente não conseguimos transformá-la em palavras saídas da boca.
Kvetch é uma comédia sobre a ansiedade, que nos mostra como comunicaríamos se nos livrássemos do medo e tivéssemos a verdadeira conversa, é uma dedicatória a todos os medrosos_ nós em particular.
Kvetch mostra-nos um casal em colapso, obcecado, uma mulher que se sente desprezada pelo marido em detrimento dos interesses dele. O marido demasiado desiludido com o emprego de vendedor que já não consegue perceber os apelos dela. Ambos escondem que se odeiam. A sogra dependente e já sem objectivos. O colega de trabalho, recém-divorciado, com crise de auto-estima. O cliente novo-rico  que se junta a um coro de queixumes acerca dos falhanços da humanidade. Uma classe trabalhadora insegura, personagens desiludidas sussurrando sobre trabalho, sonhos, família, sexo e as normais trapalhadas da vida.
Kvetch é um projecto teatral de base realista contemporânea que assenta na realização de uma comunicação directa e real com o público, promovendo a reflexão sobre a condição humana, social e familiar no mundo ocidental. È uma escolha onde se procura debater o comportamento do homem, o ser humano, que vive constantemente obcecado pela sua identidade, onde procura o seu próprio espaço de isolamento e cria a sua fronteira em condições que lhe são castradoras, numa sociedade que o engole.
Com uma abordagem de um tema tão real, de conflitos semelhantes a tantos outros do nosso quotidiano, queremos criar uma empatia e uma reflexão com o público, que o estimule, que o faça ir ao Teatro_ e voltar.

Autor - Steven Berkoff
Direção - Fernando Landeira
Interpretação - Fernando Landeira | Pedro da Silva | Pedro Damião | Sara Gabriel | Sónia Botelho
Operação de Luz e som - Jay Collin

 

Espetáculo para maiores de 16 anos