27 de Março - DIA MUNDIAL DO TEATRO

 

A peça de Bernard-Marie Koltés, apresenta o encontro de dois seres que vagueiam na noite, estrangeiros e marginalizados. Numa esquina de uma cidade qualquer, um homem que, sem ter para onde ir e completamente ensopado pela chuva, tenta comunicar com outro homem na rua, estabelecer um contacto humano em condições desumanas de sobrevivência. Quem será esse interlocutor? Pode ser o próprio espectador ou ainda um duplo do personagem, um espectro?


 
Texto: Bernard-Marie Koltés | Tradução: Eduardo Dias | Encenação, Espaço cénico e Desenho de luz: José Maria Dias | Interpretação: Eduardo Dias | Figurino: Graziela Dias | Realização, Vídeomapping, Assistência de encenação e Operação de som: Leonardo Silva | Banda Sonora: Leonardo Silva e Pedro Angelino | Foto: Eva Pereira.