"Há dias assim..." em Seia

 


Armindo, um senhor já de idade, vai dedicando os seus dias a acarinhar a sua neta Rita (com quem vive) e a tentar convencê-la a viajar para o sítio dos seus sonhos. Rita, por seu lado é uma rapariga que sai todos os dias de casa à pressa para o seu emprego. O medo de o perder faz com que trabalhe acelerada e maquinal para tentar satisfazer as vontades do patrão. Mas o cansaço e a exaustão fazem com que vá deixando para segundo plano os laços afetivos, que ficam em falta principalmente com o seu avô. Estes acontecimentos, são presenciados pelo boneco de estimação de Rita, que tinha sido oferecido pelo seu avô quando ela era uma criança. Quando chega o dia em que Armindo decide que não adiará mais a sua viagem, apenas leva consigo uma mala com recordações. O boneco perante a decisão de Armindo, vai aparecer a Rita tocando uma canção que ela conhece. Rita apercebe-se daquilo que está a perder. Quando volta a casa procura pelo avô e não o encontra. Rita vai ter de tomar uma decisão: “ficar ou ir!?”.

 

    Encenação: Pedro da Silva | Interpretação: Pedro Damião e Sara Gabriel | Cenário: Fernando Landeira | Desenho de luz: Jay Collin

Org: Câmara Municipal de Seia / Cultrede