O INFORMADOR E OUTRAS HISTÓRIAS

Fernando Paulouro Neves reune em “O Informador” um conjunto de 20 contos que, na linha de “Os Fantasmas Não Fazem a Barba” e “Fellini na Praça Velha”, constituem narrativas habitadas por personagens de um mundo imaginário que, às vezes, é memória dilacerada de (i)realidades quotidianas. O conto, que dá título ao livro, é a história de um sujeito que se torna informador da polícia política, e, por serviços distintos, alcança patamar elevado na hierarquia da organização, onde pratica com eficiência a teoria geral da tortura. A história reflecte o universo concentracionário do país e de como “a banalidade do mal” pode transformar a vida de uma pessoa comum. Basta um grãozinho de areia na engrenagem da natureza humana.